Buscar
  • Dr A A Mundewadi

Tratamento Herbal Ayurvédico da Arterite de Células Gigantes

A arterite de células gigantes também é conhecida como arterite craniana ou arterite temporal. Esta é uma condição médica que envolve inflamação nas artérias situadas na área do templo. Isso leva a dor e sensibilidade na área do templo, onde as artérias endurecidas podem ser sentidas. Os sintomas associados incluem dor e sensibilidade na mandíbula e perto dos olhos e dores musculares em outras partes do corpo. A arterite craniana é uma condição séria, pois pode envolver perda de visão se a condição não for tratada adequadamente. As mulheres idosas são geralmente mais suscetíveis a esta doença. O tratamento moderno da arterite de células gigantes ou arterite temporal envolve o uso de esteróides para reduzir a inflamação dentro das artérias. Embora os esteróides reduzam prontamente a inflamação e a dor, na maioria dos indivíduos afetados, esses medicamentos precisam ser continuados permanentemente ou a longo prazo, o que geralmente não é desejável devido aos efeitos colaterais dos esteróides. Na maioria dos casos, a inflamação se repete após a interrupção dos esteróides. O tratamento com ervas ayurvédicas é especialmente útil no tratamento de arterite de células gigantes ou arterite temporal. Os medicamentos ayurvédicos reduzem rapidamente a inflamação nas artérias, enquanto a dor nas artérias e nas áreas circundantes também desaparece rapidamente. Além disso, o tratamento com fitoterápicos ayurvédicos também previne a recorrência da doença. Uma vantagem importante dos medicamentos fitoterápicos ayurvédicos é que eles podem prevenir complicações como a cegueira. Isso ocorre porque os medicamentos ayurvédicos tratam a inflamação e previnem o bloqueio das artérias. O tratamento com ervas ayurvédicas é, portanto, muito eficaz no tratamento e cura da arterite de células gigantes ou arterite temporal. Tratamento à base de plantas ayurvédicas, medicamentos à base de plantas, arterite craniana, arterite temporal, arterite de células gigantes

0 visualização0 comentário